Veja 10 cuidados básicos com os animais de estimação

Antes de adotar ou mesmo comprar um animal de estimação, é preciso ter em mente que os cuidados necessários para oferecer uma vida de qualidade aos bichinhos vão muito além do que providenciar água, comida e um teto.

1 – Proteção

É dever do proprietário proteger seu animal do sol e da chuva, além de impedir que os bichinhos fujam ou saiam sozinhos na rua. Assim, evitamos brigas, atropelamentos, envenenamentos e crias indesejáveis.

 

2 – Alimentação

Oferecer sempre uma ração de boa qualidade, respeitando as características de cada animal e faixa etária (ração de filhote, adulto e idoso). E sempre disponibilizar água limpa e fresca.

 

3 – Castração

A castração é sempre aconselhável quando não se quer um filhote. Com isso, evitamos superpopulação, abandonos, doenças uterinas, neoplasias (câncer), doenças prostáticas, agressividade e marcação de território.

 

4 – Vacinação

Cães e gatos possuem um esquema vacinal de acordo com sua espécie e características individuais. Geralmente, a vacinação é anual e só pode ser realizada por um médico veterinário. As vacinas previnem doenças graves que podem levar o animal à morte, bem como doenças que podem ser transmitidas para os humanos (zoonoses).

 

5 – Higiene bucal

Cães e gatos também precisam escovar os dentes, mas com produtos veterinários específicos. Doenças periodontais, além de causar o desagradável mau hálito, prejudicam a alimentação, causam dor e as bactérias da boca podem se desprender e causar lesões em outros órgãos.

 

6 – Roupas e acessórios

Quanto às roupas, opte por tecidos naturais e estilo que seja confortável aos cães. Nem sempre aquelas mais bonitas, são as melhores. Os movimentos dos bichos têm de ser preservados. Por outro lado, algumas podem causar nós naquelas raças mais peludas.

 

7 – Comida em excesso

Assim como os demais membros da família, os pets também comem mais no inverno. Por isso é essencial ficar de olho na alimentação de cães e gatos. Reduzir a oferta de petiscos nesta época do ano, em que o animal muitas vezes fica menos ativo em razão da diminuição dos passeios devido ao frio, a dica é falar com o veterinário para ver se ele indica uma ração light, nem que seja misturada à ração comum.

 

8 – Proteção contra o frio

Os pets devem ficar em locais protegidos de vento e chuva. Também é importante ter a disposição roupas para cães de poucas pelagem, principalmente, caminhas, edredons e casinhas confortáveis. Gatos gostam de ficar nas janelas, por isso é importante que tenham um espaço mais quente dentro de casa para se abrigarem.

 

9 – Banhos e escovação

Nos cães, o ideal é dar banho a cada 15 dias. Já nos gatos, este intervalo deve ser maior. Os banhos devem ser com produtos veterinários e com mínimo de estresse possível. Durante estes momentos, você observa melhor seu animal e, assim, pode notar algo diferente ou errado.

 

10 – Visitas ao veterinário

É de grande importância realizar, pelo menos, uma vez ao ano uma consulta com o veterinário. Muitas doenças podem ser evitadas com a prevenção. Esteja sempre atento a qualquer mudança de comportamento ou hábito do seu animal, pois isso pode sinalizar doenças.

Gostou? Não esqueça de Compartilhar e Conferir nossos Cursos na Área de Saúde Animal:

 

Saúde Felina

 

Adestramento de Cães

 

Nutrição Animal

 

Estética Animal

 

Tosador Profissional 

 

Veja todos Cursos de Saúde Animal clique aqui :

https://www.cursosgratisonline.com.br/saude-animal

Post Author: Lucas