Biscoitos e cookies

Investimento pequeno e bom retorno financeiro

De tempos em tempos, somos surpreendidos por algum modismo gastronômico. São delícias que começam a aparecer aqui e ali, ganham aprovação, viram negócio e, quando a gente percebe, transformam-se em um novo comportamento de consumo. Mas e a sobremesa? E a hora daquele docinho irresistível? Qual deles é a grande aposta do momento? Na verdade, são dois: cookies e brownies.

Estude pelo Cursos Grátis Online e amplie seus conhecimentos a respeito dessa área! Clique aqui!

Cookies e brownies? Mas o que há de novidade nessa dupla perdição? Nada – e tudo! “Nada” porque cookies e brownies são velhos conhecidos, invenções de séculos passados.  E “tudo” porque nunca ganharam tantas versões e serviram para tantos novos e bem-sucedidos modelos de negócio. Felipe Vilanova e Claudia Moro Barbosa perceberam o filão e motaram um quiosque do Mr. Cheney, franquia de cookies com 10 sabores do doce e outras guloseimas tipicamente americanas.

Uma batedeira e R$ 157! Isso foi “tudo” que a Regina precisou para abrir um negócio e vender biscoitos de bem-casado em 2003. Com o dinheiro, ela comprou os ingredientes para fazer os doces da primeira encomenda: o casamento de um funcionário do banco onde uma amiga dela trabalhava. Desde então, esse docinho diferenciado e exclusivo já selou a união de mais de mil casais. Além disso, ele faz parte do café da tarde de milhares de famílias.

Post Author: Janaina Efisio